Rafael Cordeiro analisa embate entre seu aluno Gastelum e o amigo Jacaré: ‘Vai ser um encontro de monstros’

Publicidade

Por Mateus Machado e Yago Rédua

Líder da Kings MMA e um dos treinadores mais prestigiados do mundo das artes marciais, Rafael Cordeiro passará por uma situação um tanto quanto “desagradável” neste sábado (12), pelo co-main event do UFC 224, no Rio de Janeiro, quando seu aluno Kelvin Gastelum enfrenta o seu amigo – e compatriota – Ronaldo Jacaré pelo peso-médio.

Apesar da situação “chata”, Cordeiro mantém o profissionalismo e garante que sabe dividir as coisas. A torcida na Jeunesse Arena – palco do card -, é claro, será por Gastelum. Porém, isso não precisa interferir em sua amizade com Jacaré, conforme o próprio treinador revelou em entrevista à TATAME na última quinta (10), durante o “Media Day”.

“Acho que vai ser uma luta muito interessante, são dois grandes atletas. Vai ser um encontro de monstros, cada um com as suas qualidades. O Jacaré é um atleta que nós respeitamos muito, assim como todos os outros. Só que o Kelvin está vindo com uma determinação de dar o seu melhor. Quando você tem essa determinação, você cresce. Acho que o público brasileiro gosta do Kelvin, ele tenta falar português, se esforça. Essa energia ele traz da rua para ele, que é movido por essa energia. Eu acredito em uma grande vitória do Kelvin, não por ser treinador dele e nem nada contra o Jacaré, porque todos sabem que tenho um bom relacionamento. Espero que depois da luta possamos treinar juntos. É um respeito muito grande, já visitou minha academia nos Estados Unidos. Só que vão ser 15 minutos que vamos deixar nossa amizade de lado e vou fazer de tudo para o que o meu atleta vença”, opinou Cordeiro, que ainda complementou sobre o tema.

“Tem duas questões aí: o profissionalismo e o resgaste das artes marciais. No ponto do profissionalismo, são os dois tentando viver o mesmo sonho de ganhar o cinturão do UFC. Na arte marcial, eu tenho um aluno que está treinando comigo todos os dias de segunda à sábado, para dar o seu melhor dentro do octógono, para representar sua família, a academia. São essas duas questões que se dividem entre o Kelvin e o Jacaré”, afirmou.

Confira outros trechos da entrevista com Rafael Cordeiro:

– Lyoto Machida x Vitor Belfort

Vejo o Lyoto sempre na academia, um cara extremamente da arte marcial. Ele leva a arte marcial a risca, disciplinado. Assim como o Vitor (Belfort), é um grande ícone do esporte, no futuro, com certeza eles vão ter esse rótulo de lendas. Eu prevejo uma grande luta. É difícil falar quem vai acontecer. No meu ponto de vista, o Lyoto tem mais armas para vencer. Mas é o meu ponto de vista. Acredito que o Vitor, por ser a sua última luta, vá querer nocautear. Vejo o Lyoto com mais qualificações para uma vitória no fim de tudo.

– Futuro do Lyoto e luta com Shogun

O Shogun, não, com certeza não (risos). Os dois treinam praticante comigo. Não vejo essa luta acontecer. Os dois estão em pesos diferentes, o Lyoto tem quase 40 anos, mas a mentalidade, como o Werdum costuma a falar: ‘Tenho 40 anos, mas a mentalidade é de 20’. Então, o Lyoto é a mesma coisa. Está num corpo sem lesão, no shape e vai poder lutar por muito tempo ainda e, quem sabe, pelo cinturão de novo. Nunca se sabe. Esses atletas de ponta como o Kelvin, Jacaré, Lyoto, essa rapaziada, sempre estão a duas lutas da cinta.

– Futuro do Fabrício Werdum

O Werdum teve que fazer várias lutas para se credenciar (ao título). Ele venceu vários caras depois que perdeu o cinturão. Não sei qual é o tempo do UFC para ele disputar o cinturão de novo. Não sabemos o que o UFC pensa. Ainda temos duas lutas no contrato e depois disso vamos ver o que vai acontecer. O que agente precisa para chegar no cinturão novamente. Na América Latina ele é um dos principais nomes. Acho que logo logo ele vai disputar o cinturão novamente. O importante é viver o agora, fazer as lutas primeiro.

Vale ressaltar que o UFC 224 – ou Rio 9 – está previsto para começar a partir das 19h15 (horário de Brasília) de sábado, com o card principal iniciando às 23h. Todos os detalhes do evento, é claro, você confere aqui na TATAME, através do site e das nossas redes sociais!

CARD COMPLETO:

UFC 224
Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Sábado, 12 de maio de 2018

Card principal
Amanda Nunes x Raquel Pennington
Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum
Mackenzie Dern x Amanda Cooper
John Lineker x Brian Kelleher
Vitor Belfort x Lyoto Machida

Card preliminar
Cézar Mutante x Karl Roberson
Alexey Oleynik x Júnior Albini
Davi Ramos x Nick Hein
Elizeu Capoeira x Sean Strickland
Warlley Alves x Sultan Aliev
Thales Leites x Jack Hermansson
Alberto Miná x Ramazan Emeev
Markus Maluko x James Bochnovic

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade