Raoni Barcelos tem novo desafio marcado no UFC e projeta seu futuro: ‘Estou lá para ser campeão’

Publicidade

* Dono de uma série invicta de cinco vitórias no Ultimate, Raoni Barcelos tem compromisso marcado para o dia 26 de junho contra Timur Valiev – ainda sem local definido pela companhia. O brasileiro já era para ter lutado em 2021, mas duas lutas caíram. Primeiro, o compatriota Raphael Assunção se lesionou. O Ultimate anunciou Marco Rojo, mas o brasileiro testou positivo para Covid-19 e precisou deixar o combate em fevereiro. Já recuperado do vírus, o carioca disse que chegou a sentir um desgaste nos primeiros treinos.

“Eu fiquei dez dias em casa, cumpri todos os protocolos. Depois, testei novamente e deu negativo. Voltei aos treinos devagar, confesso que senti um pouco, mas depois de quatro ou cinco semanas, já estava 100%. Nas primeiras semanas, me senti um pouco cansado. Estava em um ritmo muito bom antes da Covid”, disse Raoni em entrevista à TATAME, que seguiu comentando sobre as lutas que foram canceladas recentemente:

“Isso está acontecendo muitas vezes comigo (cair lutas). Essas lutas sendo canceladas, 2020 tiveram algumas, 2021 também. Acredito que não foram por conta minha ou dos meus adversários, mas devido a algumas coisas que não esperávamos. Tudo é no tempo de Deus também, quando não é para acontecer, não tem jeito. Já tenho uma luta (no mês de junho), é focar e mostrar um bom trabalho”, afirmou Barcelos.

Apesar do começo de trajetória com uma boa série de vitórias, Raoni ainda não faz parte do ranking de Top 15 da categoria dos galos. De acordo com o ranking não oficial do site Tapology, o carioca ocupa a 17ª colocação na classe até 61kg. O brasileiro disse que não quer perder o ritmo de crescimento na companhia.

“Nessas cinco lutas, eu vim em uma crescente. Cada luta foi diferente uma da outra. Não queria perder esse processo de estar em alta, então, é só manter o trabalho que eu venho fazendo e melhorar algumas coisas para entrar no ranking e brilhar contra os melhores da categoria”, apontou o brasileiro de 33 anos.

Lapidado por Pedro Rizzo e Laerte Barcelo, seu pai, Raoni tem grandes objetivos dentro do UFC. O brasileiro garantiu que está pronto para qualquer desafio e já mira o topo da divisão: “Meu projeto dentro do UFC é fazer todas as lutas que o UFC colocar, principalmente com quem está ranqueado para tentar o title shot. Esse é o meu projeto, o que passa na minha cabeça. Estou ali para ser campeão. Respeito todos os adversários, mas estou indo em busca do meu e por isso que vou batalhar para conseguir”, concluiu.

*Por Yago Rédua

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade