Reeleito, vereador e faixa-preta Marcelo Arar conta seu planos para as artes marciais na cidade do Rio; saiba mais

Publicidade

Recém-eleito para seu quarto mandato como vereador da cidade do Rio de Janeiro, o faixa-preta de Jiu-Jitsu Marcelo Arar é um dos principais entusiastas das artes marciais como ferramenta de transformação social na câmara municipal. Entre seus recentes projetos que saíram do papel estão a Cidade das Artes Marciais, junto com a Calçada da Fama, e o mais transformador deles, a Escola de Lutas, que leva os ensinamentos e a filosofia das artes marciais aos alunos de escolas públicas do município.

Mesmo com a confirmação da mudança da administração do município a partir do ano que vem, quando Eduardo Paes reassume a prefeitura do Rio após quatro anos, Marcelo Arar acredita que não terá problemas para manter as ideias dos projetos relacionados à luta, tendo em vista a credibilidade de seus feitos ao longo dos 12 anos como vereador. Segundo revelou à reportagem, ele já iniciou as conversas com a equipe que assume a prefeitura em janeiro.

“É normal que, com a mudança de governo, muitas coisas também mudem. Porém, estive com um dos principais secretários do Governo, o deputado Pedro Paulo, e expliquei a importância educacional e esportiva do Projeto Escola de Lutas. Também apresentei o Projeto Cidade das Artes Marciais/Calçada da Fama e ressaltei sua importância para o turismo carioca. O Secretário ficou muito entusiasmado com os projetos e levará as pautas ao futuro prefeito Eduardo Paes. Tenho fé que, além de dar continuidade ao projeto, iremos ampliá-los”, destacou o vereador faixa-preta.

Confira logo abaixo o bate-papo na íntegra:

– Quais os planos para o projeto Escola de Lutas para 2021?

Sem dúvida, um dos meus principais objetivos nos próximos quatro anos é manter o Projeto Escola de Lutas nas escolas do município. No que depender do meu empenho, continuaremos a ensinar técnicas de Jiu-Jitsu, Luta-Livre, Boxe, Taekwondo, Judô, Muay Thai e Capoeira, pois é muito importante que a criançada aprenda um pouco da filosofia milenar das artes marciais como: ética, respeito e disciplina.

– A mudança da administração do município impacta de alguma forma?

É normal que, com a mudança de governo, muitas coisas também mudem. Porém, estive com um dos principais secretários do Governo, o deputado Pedro Paulo, e expliquei a importância educacional e esportiva do Projeto Escola de Lutas. Também apresentei o Projeto Cidade das Artes Marciais/Calçada da Fama e ressaltei sua importância para o turismo carioca. O Secretário ficou muito entusiasmado com os projetos e levará as pautas ao futuro prefeito Eduardo Paes. Tenho fé que, além de dar continuidade ao projeto, iremos ampliá-los

– Em relação à Cidade das Artes Marciais, qual a previsão para a segunda leva de homenageados?

Com o apoio do futuro prefeito Eduardo Paes e do Secretário de Fazenda Pedro Paulo, a previsão é que no começo do próximo ano já tenhamos uma grande leva de homenageados na Calçada da Fama. O mestre Roberto Leitão se foi no último dia 28, mas recebeu ainda em vida a homenagem na Calçada da Fama das Artes Marciais.

– Qual a importância de homenagear nossos ídolos ainda com eles presentes?

O mundo da luta está de luto. O mestre Roberto Leitão, através da Luta Olímpica, transformou milhares de vidas. Tive a honra de poder prestar a última homenagem em vida, eternizando seu nome na Calçada da Fama. Existe uma Lei Federal que impede praças e logradouros de receberem nomes de pessoas em vida, então, quando idealizei o projeto Calçada da Fama, tive como um dos principais objetivos poder reconhecer em vida os grandes feitos dele deixados para nossa cidade e nosso país.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade