Resumo do MMA: Ferguson manda recado para Charles do Bronx e brasileiro-uruguaio puxa lista de dispensados do UFC

Publicidade

Ex-campeão interino dos leves, Tony Ferguson vai encarar Charles do Bronx no próximo sábado (12), pelo co-main event do UFC 256. Através das redes sociais, o americano garantiu que se o brasileiro exceder o limite de peso da categoria dos leves – por conta da luta ter sido casada faltando cerca de um mês para o evento -, o combate não vai acontecer. O paulista já falhou quatro vezes na balança, mas todas nos penas. Desde que subiu para a divisão até 70kg, o maior finalizador da história do Ultimate cumpriu seu papel na pesagem.

“Estou contando que o brasileiro Charles Oliveira e outros vão chegar acima do peso, como de costume. Então, eu vou falando agora. Jurisprudência: luta de última hora, Charles Oliveira não vai cortar o peso a semana toda e vai aparecer 1,5 kg acima do peso, usando a desculpa da luta com curto prazo. Se ele aparecer tão acima do peso assim, nós não vamos competir”, disparou Ferguson, terceiro no ranking.

UFC inicia cortes com brasileiro-uruguaio

Após a dispensa de Yoel Romero do UFC, Dana White, presidente da companhia, afirmou que o cubano representava só o começo das saídas e que aproximadamente 60 atletas iriam deixar a organização até o fim de 2020. Um dos motivos, segundo o dirigente, é o inchaço do plantel. Nesta quarta-feira (9), de acordo com o site Combate.com, mais cinco lutadores foram dispensados, incluindo o brasileiro-uruguaio Luiz Eduardo Garagorri, que em três aparições, venceu uma luta e perdeu dois compromissos no peso pena. Os outros quatro nomes foram: Cole Smith, Sparbek Safarov, Matt Wiman e Gadzhimurad Antigulov.

Johnson encaminha acordo com Bellator

Após anunciar o fim da carreira em 2017, quando perdeu para Daniel Cormier no UFC, Anthony Johnson está próximo de retornar ao MMA. O americano já entrou no programa de testes da USADA (Agência de Antidoping dos EUA), mas não vai competir pelo Ultimate. Segundo informações da ESPN americana, “Rumble” e o Ultimate não chegaram a um acordo e o lutador deve assinar com o Bellator. O contrato ainda não foi fechado, mas a previsão é de que ele lute já no primeiro semestre de 2021, pelos meio-pesados.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade