Roberto Jimenez conquista 10 mil dólares em GP, mas final contra Tye Ruotolo ficam ‘sem resultado’

Publicidade

Na noite de sábado (8), foi disputada mais uma edição do Third Coast Grappling, nos Estados Unidos. E o GP peso-leve sem quimono terminou com uma polêmica. Na decisão, Roberto Jimenez chegou a ser declarado vencedor diante de Tye Ruotolo por 2 a 0 nos pontos. Horas após o fim do evento, porém, a organização anunciou através de um comunicado que o resultado da luta seria alterado para “No Contest” (sem resultado) porque o equatoriano não estabilizou a posição para receber a pontuação. Apesar da vitória ser retirada, o lutador seguiu com o prêmio de US$ 10 mil. Segundo os responsáveis pelo 3CG, o atleta “não teve culpa” do erro e por isso o prêmio seria mantido.

No caminho até a decisão, Jimenez finalizou o brasileiro Hugo Marques com um mata-leão. Na sequência, venceu o irmão de Tye, Kade Ruotolo, da mesma forma. Do outro lado da chave, o jovem lutador da Atos precisou vencer Vitor Oliveira por decisão e, também via árbitros, bateu o casca-grossa Renato Canuto.

https://www.instagram.com/p/CDr7QnbJ-rS/

Caso a vitória tivesse sido validada, este seria o segundo título do equatoriano Jimenez em um GP do 3CG. Em junho deste ano, logo na retomada durante a pandemia, o jovem superou Vagner Rocha na decisão.

Além do GP, o evento também contou com três superlutas. O casca-grossa Ricardo Evangelista levou a melhor sobre Renato Tagliari através do “golden score” na prorrogação. Da mesma maneira, Fellipe Andrew superou Max Gimenis. Já Pedro Marinho derrotou Andre Porfirio através da decisão dos árbitros.

https://www.instagram.com/p/CDsfXeUj7c1/

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img