Sergio Cohen celebra sucesso de seminário de Jiu-Jitsu ao exército de Israel: ‘Foi muito bom’

Publicidade

Faixa-Preta do Grande Mestre Carlson Gracie, Sergio Cohen dedicou boa parte de sua vida a arte suave. O discípulo da família Gracie chegou a disputar campeonatos importantes, mas resolveu dar um tempo nas artes marciais para abrir o seu próprio negócio. No entanto, em 2016, com apoio de Alexandre Café e Amauri Biteti, o lutador regressou aos treinos nos tatames.

10
Sergio Cohen comandou o seminário na academia do Belfort (Arquivo Pessoal)

Embalado e motivado com o retorno, Sergio produziu um seminário aos combatentes e ex-combatentes do exército de Israel, na moderna academia de Vitor Belfort, seu amigo de treino e ex-campeão do UFC, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em janeiro deste ano.

“O seminário foi muito bom, teve a presença do Alexandre Café e do Ido Pariente de Israel. A academia do Vitor Belfort é muito estruturada para receber o seminário. Fiz um seminário legal de defesa pessoal, para saber se defender em cima, em baixo, no corpo a corpo que acontece em guerra. (para do exército de Israel)”, contou com exclusividade à TATAME.

De origem judaica, Cohen recebeu o convite de Ido Pariente, um dos principais nomes das artes marciais de Israel e responsável pelo crescimento da arte suave no país, com uma excelente academia de Jiu-Jitsu e MMA. Assim, o brasileiro tem a oportunidade de passar adiante os ensinamentos de seu mestre Carlson, com quem teve o privilégio de morar na Califórnia, nos Estados Unidos.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img