Grandes planos: SJJIF lidera trabalho de organizações ‘fora do holofote’ em prol do desenvolvimento do Jiu-Jitsu

Publicidade

Em mais uma edição digital, a TATAME #254 aborda o “outro lado” do mundo do Jiu-Jitsu, contando um pouco mais sobre o trabalho realizado por organizações como SJJIF, Prime Esportes, CBJJD e CBJJE.

Se o reconhecimento maior recai sobre IBJJF, CBJJ, UAEJJF e, agora, AJP, o papel de federações e confederações menores também é de suma importância para o desenvolvimento da arte suave no Brasil e no mundo.

Foi com esse pensamento que entrevistamos Fabiano Marinho (Prime), Moises Muradi (CBJJE), Rogério Gavazza (CBJJD) e João Silva, presidente da SJJIF.

* LEIA A REVISTA COMPLETA, AQUI

Em grande entrevista, João abriu o jogo sobre o sonho de colocar o Jiu-Jitsu nos Jogos Olímpicos, como sua federação atua nesse sentido e o desenvolvimento que a SJJIF vem obtendo ao longo dos últimos anos. Boa leitura e até a próxima!

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade