Strickland acusa Borrachinha de não assinar o contrato e recebe resposta: ‘Depende de mim’

Pelas redes sociais, Borrachinha garantiu que assinou contrato para enfrentar Strickland no UFC 302, no dia 1º de junho

Strickland acusa Borrachinha de não assinar o contrato e recebe resposta: ‘Depende de mim’

Sean Strickland e Paulo Borrachinha vão se enfrentar no co-main event do UFC 302, no dia 1º de junho (Foto: Reprodução)

Um dos confrontos mais esperados do UFC 302, que acontece em Newark (EUA), no próximo dia 1º de junho, entre os desafetos do peso-médio Sean Strickland e Paulo Borrachinha, correu riscos de não acontecer. Pelas redes sociais, o ex-campeão dos médios declarou que o brasileiro ainda não havia assinado o contrato para o duelo.

Strickland publicou um vídeo direcionado ao mineiro e disparou uma série de ofensas a Borrachinha, onde chegou a citar que o brasileiro precisa de “tratamento psicológico” e que ele não havia assinado o contrato para a luta por “medo”. Além disso, o americano pediu para que Paulo não “decepcione” os fãs e faça o combate acontecer.

“Putz, Costa, eu ouvi que você ainda não assinou esse contrato. Então eu fui no Google e fiz a coisa certa, te dei o benefício da dúvida e notei algo. Depois que você lutou com o (Israel) Adesanya, você caiu feio, você foi lá para baixo, meu mano. Eu não sei o que aconteceu neste pequeno cérebro fudid* que você tem”, declarou Sean Strickland, que seguiu:

“Você precisa de alguém para conversar e falar sobre seus sentimentos? Eu acho que terapia é para homens fracos, mas você está sendo um baita homem fraco. Se você não tem culhões para fazer essa porr* acontecer, vamos procurar alguém para você conversar. Não me decepcione, não decepcione os fãs… Deixe eu te fazer sangrar”, finalizou o americano.

Também pelas redes sociais, Borrachinha garantiu que assinou contrato para lutar no UFC 302: “Eu assinei, Sean Strickland. Eu nunca decepciono, o povo depende de mim”, disse. Vale ressaltar também que, em entrevista ao site “Superlutas”, Tamara Alves, empresária do brasileiro, confirmou a informação do lutador de que o contrato para a disputa está assinado.

Sean Strickland vem de derrota por decisão dividida para Dricus du Plessis no mês de janeiro, no UFC 297, quando perdeu o cinturão dos médios. Já Paulo Borrachinha também vem de revés na carreira. O brasileiro foi superado por Robert Whittaker no UFC 298, em fevereiro.

Para mais notícias sobre Paulo Borrachinha e Sean Strickland, clique aqui