TATAME PLAY: assista aqui aos destaques do UFC 259, com três disputas de cinturão e um show da brasileira Amanda Nunes

Publicidade

Realizado no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), o esperado UFC 259 contou com vitórias dos campeões meio-pesado Jan Blachowicz e peso-pena Amanda Nunes​ sobre Israel Adesanya e Megan Anderson, respectivamente, além de um polêmico desfecho no combate entre Petr Yan e Aljamain Sterling, pelo cinturão peso-galo, que terminou com vitória do jamaicano após desqualificação de Yan por golpe ilegal.

Na ocasião, o russo – até então campeão dos galos – acertou uma joelhada brutal, mas ilegal, e nocauteou Sterling no quarto round, que ficou impossibilitado de retornar. Desta forma, segundo as regras oficias do esporte, Yan acabou desqualificado, com o título ficando em posse de Aljamain. Na luta principal, em um encontro de campeões, o meio-pesado Blachowicz mostrou quem manda na categoria e desbancou Israel Adesanya, campeão peso-médio e que subiu de peso, por decisão unânime. Já no co-main event, Amanda Nunes, campeã dupla, deu um show de Jiu-Jitsu e defendeu seu cinturão ao finalizar Megan Anderson.

Além da “Leoa”, outros quatro brasileiros estiveram presentes no card. Marreta perdeu para Aleksandar Rakic por unanimidade, enquanto Rogério Bontorin sofreu o nocaute no primeiro round para Kai Kara-France. Já no confronto verde e amarelo, melhor para Amanda Lemos, que derrotou Livinha Souza por nocaute técnico.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 259
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 6 de março de 2021

Card principal
Jan Blachowicz derrotou Israel Adesanya por decisão unânime dos jurados
Amanda Nunes finalizou Megan Anderson com uma chave de braço no 1R
Aljamain Sterling derrotou Petr Yan por desqualificação (golpe ilegal) no 4R
Islam Makhachev finalizou Drew Dober com um katagatame no 3R
Aleksandar Rakic derrotou Thiago Marreta por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Dominick Cruz derrotou Casey Kenney por decisão dividida dos jurados
Kyler Phillips derrotou Song Yadong por decisão unânime dos jurados
Askar Askarov derrotou Joseph Benavidez por decisão unânime dos jurados
Kai Kara-France derrotou Rogério Bontorin por nocaute no 1R
Tim Elliott derrotou Jordan Espinosa por decisão unânime dos jurados
Kennedy Nzechukwu derrotou Carlos Ulberg por nocaute técnico no 2R
Sean Brady finalizou Jake Matthews com um katagatame no 3R
Amanda Lemos derrotou Livinha Souza por nocaute técnico no 1R
Uros Medic derrotou Aalon Cruz por nocaute técnico no 1R
Trevin Jones derrotou Maurio Bautista por nocaute técnico no 2R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade