Third Coast Grappling reúne ‘esquadrão brasileiro’ em GP absoluto sem quimono valendo mais de R$ 100 mil; veja como acompanhar

Publicidade

Neste sábado (3), a partir das 20h (horário de Brasília), o Third Coast Grappling dá início à sua sexta grande edição, em Houston, no Texas (EUA). Na atração principal da noite, oito atletas disputam o GP Elite 8, sem limite de peso, com premiação de US$ 15 mil (cerca de R$ 85 mil) para o campeão e US$ 5 mil para o vice. O Brasil vai ser representado por Kaynan Duarte, Victor Hugo, Pedro Marinho (naturalizado americano) e Manuel Ribamar, enquanto Nicky Rodriguez, Tex Johnson, William Tackett e Mason Fowler completam o torneio.

Criado em 2018 por Ryan McGuire e Zach Marshall, o 3CG (Third Coast Grappling) chega ao seu 20º evento, sendo seis principais, e quer mais. Em entrevista à TATAME, o presidente McGuire comentou a respeito dos planos da organização de seguir crescendo, fazendo torneios melhores, com premiações mais robustas e maiores oportunidades aos atletas. Segundo ele, o objetivo é quebrar barreiras no universo da arte suave.

“Em 3 anos esperamos estar com o esporte e nossa marca ainda mais reconhecidos mundo afora. Estamos trabalhando com pessoas ótimas que acreditam em nós e na nossa visão, então o céu é o limite. Só queremos continuar movendo as barreiras e inovando. Quando você se acomoda ou fica satisfeito, a complacência toma conta e o produto fica insípido. Estamos sempre testando coisas novas para manter bem e as pessoas entretidas, querendo mais”, aposta Ryan, que antes trabalhou anos na indústria musical.

Sobre o aguardado GP absoluto sem quimono, que reunirá oito especialistas na luta agarrada, o presidente disse que espera uma multidão de fãs no White Oak Music Hall, em Houston, e um grande público via pay-per-view. Já quem acompanhar pode aguardar um evento repleto de finalizações, sem amarrações.

Quem reside no Brasil pode adquirir o pay-per-view do show por apenas 5,99 dólares – aproximadamente 34 reais na cotação atual – através do site fite.tv (CLIQUE AQUI) e acompanhar diversos craques do Jiu-Jitsu em ação.

“Os atletas estão competindo por um grande prêmio (quase 110 mil reais). Espero muita emoção, drama e intensidade, do tipo que só as nossas regras e nosso formato conseguem trazer à tona. O dinheiro, sem dúvida, também é um grande motivador (risos), mas o que faz o 3CG diferente é, acredito, nosso conjunto de regras, que realmente pega o melhor das regras baseadas em pontos e das regras de só finalização, juntando tudo para criar o nosso estilo. Temos uma taxa de 80% de finalizações em quase 20 eventos”.

“Para o público brasileiro, só queremos que eles saibam que respeitamos e amamos a arte a partir da qual desenvolvemos nossa marca. Ter o professor Vinícius Draculino na Gracie Barra Texas desde a faixa branca também me deu um amor especial e apreço pela população brasileira. Realmente é uma arte que muda vidas, e sem ela não existiria 3CG”, comentou McGuire. “Por que ignorar, ou em certos casos até desrespeitar, um mercado enorme onde a arte já vem crescendo por anos? Todo mundo diz: ‘Ah, o Brasil só quer saber do quimono’. Bem, estamos aqui para mostrar que nossa marca pode entreter até os mais conservadores. Amamos o Brasil e, antes da pandemia, até tivemos discussões preliminares sobre realizar shows lá”, disse.

 

Por fim, Ryan McGuire, que é um assíduo praticante de Jiu-Jitsu, mandou um recado para os fãs brasileiros e citou a importância de se valorizar os atletas do país, destacando a garra e gratidão os “canarinhos” como um diferencial. “Quando se trata de trabalhar com atletas brasileiros, é até difícil não fazê-lo. Eles têm tanto talento e, na maior parte, tem sido tão bom lidar com o povo brasileiro, a atmosfera é sempre a melhor possível. Eles apreciam verdadeiramente a oportunidade, e você vê um tipo diferente de gratidão e abordagem ao esporte do que encontra em alguns dos atletas mais novos nos Estados Unidos. Sobre o país, nós do 3CG amamos a cultura brasileira, este esporte que nos deu um negócio, amigos, e esperamos que todos sintonizem na hora do show para aproveitar o que com certeza será incrível”, completou o dirigente.

O Third Coast Grappling será transmitido exclusivamente em pay-per-view na FITE TV, uma das plataformas multiesportivas de streaming que mais tem se destacado nos Estados Unidos. O preço para público no Brasil é de US$ 5.99 (contra US$ 14.99 no resto). O evento está previsto para começar às 20h (horário de Brasília).

CARD COMPLETO:

Third Coast Grappling
Houston, no Texas (EUA)
Sábado, 3 de abril de 2021
Pay-per-view: AQUI

GP Elite 8
Quartas de final: Kaynan Duarte (Brasil) x Tex Johnson (EUA)
Quartas de final: NickY Rodriguez (EUA) x Pedro Marinho (EUA/Brasil)
Quartas de final: Victor Hugo (Brasil) x William Tackett (EUA)
Quartas de final: Mason Fowler (EUA) x Manuel Ribamar (Brasil)

 

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img