Treinador brasileiro projeta participação de talento inglês no Cage Warriors 129: ‘Não tem como perder’

Publicidade

Expoente do MMA britânico, Jamie Richardson terá um importante desafio neste sábado (2), pelo Cage Warriors 129 – um dos principais eventos do cenário europeu. O lutador perdeu a disputa de cinturão contra Nathias Frederick, no fim de 2020, e sofreu um novo revés na última luta contra Kent Kauppinen. O momento para “Young Gun” é de recuperação contra Alessandro Botti.

O meio-médio pertence a equipe Force Submisson, que é liderada pelo britânico Daz Force Jones e tem o brasileiro Leonardo Queiroz com um dos responsáveis pelo jogo de chão dos lutadores.

Animado com o trabalho desenvolvido durante o camp e conhecendo detalhadamente o jogo de Jamie, Leo projetou o combate deste sábado contra Botti: “Ele é melhor que o adversário em todos os quesitos, seja na trocação, ele tem um excelente Wrestling. Se por um acaso cair por baixo, ele ataca muito bem também. Sabe raspar em qualquer situação, finaliza da guarda-fechada. Se ele cair por cima, tem um jogo de passagem de guarda e um ground and pound bons. Ele não tem como perder desse cara, o condicionamento dele é bom também”, concluiu.

Aos 25 anos, Jamie registra um cartel de nove vitórias e sete derrotas como profissional de MMA. Mais experiente, Botti, 33 anos, tem 15 triunfos e 12 reveses dentro da modalidade. 

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img