Treinador abre o jogo e revela por que Popó x Belfort não vai acontecer no Boxe; saiba

Bebeo Duarte disse que a diferença de peso entre Popó e Belfort pode ser um "empecilho" para que o duelo no Boxe aconteça

Treinador abre o jogo e revela por que Popó x Belfort não vai acontecer no Boxe; saiba

Popó e Belfort estão trocando farpas e expectativa para duelo tem agitado a web (Foto: Reprodução)

O ex-treinador de MMA da Brazilian Top Team, Bebeo Duarte, participou recentemente do podcast “Connect Cast”, onde foi questionado pelo apresentador do programa sobre o que ele faria se fosse o “matchmaker” responsável por organizar um eventual confronto entre Acelino Popó Freitas e Vitor Belfort no Boxe. Bebeo afirmou que tentaria, antes de qualquer coisa, fazer o “contrário”. Ele, primeiro, tentaria que a luta não ocorresse, e se não pudesse, a lenda da BTT tentaria equiparar as condições, como o peso entre os lutadores, para que houvesse um combate mais justo.

“Se eu fosse o responsável em ter que organizar a luta entre Belfort e Popó, se eu pudesse substituir, eu daria o meu jeito de substituir um dos dois. Mas se não pudesse, eu teria que equiparar as chances. Por mais que o Popó seja quatro vezes campeão mundial, o Vitor é bom de Boxe. Comparando a idade entre os dois, quem é o mais velho?”, declarou Bebeo Duarte, que seguiu:

“Popó é um ano e meio mais velho e Belfort está muito melhor fisicamente. Ele com 84kg está voando, já o Acelino, com esse peso, está gordo para caralh*, inchado. Primeira coisa para que essa luta acontecesse era definir um peso. Para Vitor baixar de 80kg, não sei… Para o Popó seria interessante lutar com 76, 77kg, teria que equalizar, trazer para o justo”, finalizou o ícone da BTT.

Atualmente com 46 anos, Vitor Belfort vem se dedicando ao Boxe, onde, em abril do ano passado, venceu o compatriota Ronaldo Jacaré por decisão unânime dos jurados, em combate válido pelo evento Gamebred Boxing 4. No MMA, o “Fenômeno” construiu um cartel com 26 vitórias – sendo 18 delas por nocaute – e 14 derrotas.

Por outro lado, Popó, que é dois anos mais velho e tem 22 anos de experiência no Boxe, fez 43 lutas profissionais e acumulou 41 vitórias, sendo tetracampeão mundial na nobre arte. Desde 2022, o baiano tem se dedicado às lutas de exibição, onde é a principal estrela do Fight Music Show. Antes de nocautear Kleber Bambam no FMS 4, o baiano superou Junior Dublê e Pelé Landy, também por nocaute, e empatou com Whindersson Nunes, na primeira edição do evento.

Para mais notícias sobre Vitor Belfort e Popó, clique aqui