Tyson Fury rompe o silêncio após perder cinturão e invencibilidade no Boxe: ‘Fim da carreira’

Tyson Fury deu a entender que não concordou com a pontuação dos árbitros na derrota sofrida para Oleksandr Usyk; veja

Tyson Fury rompe o silêncio após perder cinturão e invencibilidade no Boxe: ‘Fim da carreira’

Tyson Fury deu a entender que não concordou com a pontuação dos árbitros na derrota sofrida para Oleksandr Usyk (Foto: Nick Potts/AP)

Agora ex-campeão mundial na divisão dos pesados, Tyson Fury conheceu sua primeira derrota no Boxe no último sábado (18), após ser derrotado na decisão dividida dos jurados por Oleksandr Usyk em disputa de cinturão que aconteceu na Arábia Saudita e teve duração de 12 rounds. O pugilista britânico agora contabiliza 34 vitórias, uma derrota e um empate em seu cartel.

Mesmo com o fim da sua invencibilidade na nobre arte, Tyson Fury demonstrou bom humor na conversa com os jornalistas após o revés sofrido para Oleksandr Usyk. Apesar disso, Fury destacou o equilíbrio do combate e afirmou que, na sua avaliação, fez o que precisava para ser declarado vencedor após o fim dos 12 rounds disputados.

“Foi uma luta acirrada. Eu acreditei que tinha feito o suficiente (para sair vencedor), mas eu não sou o juiz, não julgo a luta enquanto estou boxeando. Se ele tivesse me dito no último round que eu estava perdendo e falado: ‘vai lá e tente acabar com ele’, eu teria feito mais”, disse o britânico, que seguiu:

“Acreditei que estávamos levando (a vitória) e tudo o que eu tinha que fazer era continuar lutando Boxe e fazer o que eu estava fazendo. Mas é o que é, não vou chorar pelo leite derramado. Tive muitas vitórias e eu dei a Deus a glória. Tive essa derrota e foi uma luta acirrada, você sabe, contra um bom lutador. Eu tentei dar o meu melhor lá e me diverti muito, na verdade. Foi uma boa luta, espero que todos tenham gostado”.

Próximo de completar 36 anos de idade, Tyson Fury salientou sua grande experiência dentro do Boxe, onde luta profissionalmente desde 2008, e apesar de reconhecer que está na reta final da sua carreira na modalidade, deu a entender que já visa os próximos desafios.

“Estou muito feliz por ter feito isso. Na minha mente, eu pensei que tinha vencido a luta, mas não foi o que aconteceu. Apesar disso, estou feliz com o meu desempenho. Somos colocados em um show para os fãs. O Usyk tem 37 anos, eu tenho quase 36, não somos mais crianças… Estamos no fim das nossas carreiras e demos uma luta brilhante esta noite, então estou orgulhoso de mim mesmo. Estou feliz por ter saído inteiro e vamos para o próximo”, finalizou Tyson Fury.

Oleksandr Usyk derrotou Tyson Fury e se tornou campeão incontestável dos pesos-pesados no Boxe. (Foto: Reprodução/Instagram)

Usyk derrotou Fury e se tornou campeão incontestável dos pesos-pesados no Boxe (Foto: Reprodução/Instagram)

Para conferir mais notícias sobre Tyson Fury no Boxe, clique aqui