UFC 239 terá Jones x Thiago Marreta e Amanda Nunes x Holly Holm, afirma site

Publicidade

Segundo divulgou o site da ESPN americana na noite desta quarta-feira (27), o UFC 239, marcado para o dia 6 de julho, em Las Vegas (EUA), já tem suas duas lutas principais definidas. A publicação revela que, em conversa com Dana White, o presidente do Ultimate confirmou Jon Jones x Thiago Marreta pelo cinturão meio-pesado como duelo principal, além de Amanda Nunes x Holly Holm pelo título dos galos feminino como co-main event.

Depois de “flertar” com uma possível luta contra Stipe Miocic, ex-campeão dos pesados, Jon Jones irá mesmo enfrentar o brasileiro Thiago Marreta. Após cumprir suspensão por doping, Jones retomou o cinturão meio-pesado – vago com a subida de Daniel Cormier para os pesos pesados – ao derrotar Alexander Gustafsson, em dezembro do ano passado. Em seguida, defendeu o título contra Anthony Smith, no início deste mês. Aos 31 anos, “Bones” acumula um respeitoso cartel de 24 vitórias e uma derrota (por desqualificação).

Thiago Marreta, por sua vez, teve uma rápida ascensão até o title shot. Ex-lutador da divisão dos médios, o brasileiro de 35 anos subiu para o peso meio-pesado e engatou três triunfos até conseguir a chance de disputar o título, com nocautes sobre Eryk Anders, Jimi Manuwa e Jan Blachowicz, este último em uma verdadeira guerra em fevereiro passado.

amanda x holm
Amanda tentará somar sua nona vitória seguida, agora contra Holm (Foto A Dama de Ferro / Getty Images)

No co-main event do UFC 238, Amanda Nunes e Holly Holm farão um combate há muito tempo especulado. Campeã em duas divisões após vencer Cris Cyborg e faturar a cinta no peso pena, Amanda colocará em jogo o título dos galos, sua categoria de origem. A “Leoa” vem de oito vitórias seguidas e já é um dos grandes nomes da história do MMA feminino.

Do outro lado, Holm é ex-campeã dos galos e um dos poucos nomes de destaque entre as mulheres do plantel do UFC que Amanda não enfrentou – a brasileira já superou Valentina Shevchenko, Miesha Tate, Ronda Rousey, Raquel Pennington e Cyborg, por exemplo -. Em sua última luta, a americana venceu Megan Anderson por decisão unânime dos jurados.

Publicidade

Notícias relacionadas

2 COMENTÁRIOS

  1. Jon Jones não tem poder nas mãos, por isso usa cotoveladas, chute no joelho, dedo nos olhos e quedas para cotoveladas. O Thiago Marreta tem que cuidar com o modos operandis do JJ: contra o Ovince S.P ele chutou contra o braço do O.S para anular o braço bom, contra o Glover ele deu uma chave de braço para anular o braço bom, contra o Gustafsson e Lyoto ele levou a luta para o chão para não correr riscos e usou cotovelos. E ele usa essas técnicas porque sabe que não tem potência nas mãos, e até hoje ninguém testou o queixo dele para sabermos a resistência. A luta é previsível tanto com o Thiago Marreta como contra o Johnny Walker, o Jon Jones não vai querer correr riscos contra nenhum dos dois, vai tentar machucar o braço bom dos dois para anular o jogo e também tentar jogar para o chão para usar cotovelos, além dos conhecidos chutes no joelho, cotoveladas giratórias e dedo nos olhos, sendo que ele é autorizado a lutar dopado e cherado.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade