UFC anuncia demissão de lutador após nova prisão por agressão e violência doméstica; confira todos os detalhes

Publicidade

Após ser preso novamente no último sábado (9) sob acusação de violência doméstica e agressão, Luis Peña viu seu vínculo com o UFC chegar ao fim. O UFC anunciou na última terça-feira (12), de acordo com o site “TMZ Sports”, que por conta do envolvimento direto no caso, o lutador teve seu contrato rescindido pela organização.

A publicação disponibilizou um trecho do comunicado feito pelo Ultimate, onde a companhia admite que tinha conhecimento dos problemas que o atleta vem enfrentando e que vinha tentando ajudar o peso-leve, mas não obteve sucesso. Diante disso, o UFC determinou que vai liberar Peña do seu vínculo para que ele resolva seus problemas jurídicos e também de saúde.

“O UFC está ciente das denúncias perturbadoras sobre a recente prisão de Luis Peña. O Sr. Peña tem sido aberto sobre sua luta em relação à sua saúde mental e abuso de substâncias, e a organização já tentou ajudá-lo em várias ocasiões anteriores a obter tratamento profissional. Neste momento, o UFC acredita que o Sr. Peña precisa lidar com as questões jurídicas e de saúde que tem pela frente e, por isso, informou à sua equipe que seu contrato foi rescindido”, informa o comunicado.

Entenda o caso

Luis Peña foi preso no último sábado pelos policiais de Deerfield Beach, na Flórida (EUA), por ser acusado de agressão e violência doméstica por acertar sua namorada e outra mulher. foi preso pelos policiais de Deerfield Beach, na Flórida, por ser acusado de agressão e violência doméstica por acertar sua namorada e outra mulher. A outra vítima de Peña teria sido uma mulher que foi testemunha da agressão e tentou separar o casal no momento da discussão. O lutador do UFC acertou um soco no olho esquerdo da testemunha. Após receber o golpe, a mulher, que ficou com o olho roxo, também machucou seu cotovelo direito. Vale ressaltar que, tanto a namorada de Luis Peña quanto a testemunha prestaram depoimento à polícia e tiveram suas lesões fotografadas pelas autoridades.

Vale ressaltar que não é a primeira vez que o italiano, atualmente com 28 anos, é detido pelas autoridades. No mês de junho, Peña foi preso sob suposta acusação de roubo e agressão depois de uma briga com sua namorada. No entanto, o caso não seguiu adiante pelo fato da vítima optar por não dar continuidade ao processo.

Profissional no MMA desde 2016, Luis Peña contabiliza um cartel de nove vitórias e três derrotas na modalidade. O americano chegou ao UFC em 2018 e, durante esse período, somou quatro triunfos e três reveses. Sua última apresentação aconteceu em abril, quando superou Alex Muñoz na decisão dividida dos jurados.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img