UFC ‘oferece’ Michael Chandler para Charles do Bronx, mas equipe do brasileiro recusa o combate e pede disputa pelo cinturão dos leves

Publicidade

Considerado um dos principais postulantes ao cinturão peso-leve do Ultimate, Charles do Bronx, atual terceiro colocado no ranking da divisão, já deixou claro que pretende disputar o título da categoria em sua próxima luta, no entanto, esse não parece ser o plano da organização no momento. Prova disso é que a companhia “ofereceu” ao brasileiro um duelo contra Michael Chandler no próximo dia 13 de fevereiro, no card do UFC 258, em Las Vegas (EUA), todavia, o confronto não deve ocorrer, tendo em vista que Charles espera o “title shot” de imediato. As informações foram divulgadas pela Ag. Fight na última segunda-feira (1).

Ainda de acordo com a publicação, a equipe do lutador paulista considera que uma luta diante de Chandler valeria a pena somente com o cinturão linear em jogo, o que diverge com os planos do Ultimate. Treinador de Charles do Bronx, Diego Lima afirmou que o curto prazo para o seu atleta se preparar, além dos planos do brasileiro dentro da organização, o levaram a recusar o combate contra o ex-campeão do Bellator.

“Charles nunca esteve tão perto do cinturão e é importante ressaltar que ele trabalhou muito para isso. Os fãs e até (Dustin) Poirier reconheceram isso. Hoje (segunda-feira) é 1º de fevereiro. Não faz sentido para nós aceitar uma luta que não seja pelo título faltando tão pouco tempo. O Charles precisa de tempo para perder peso, perdemos cerca de dois dias com as coisas do visto e, claro, precisamos nos preparar para a luta em si. Nosso objetivo era lutar pelo cinturão contra o Poirier, mas se Poirier não lutar pelo cinturão e o UFC quiser fazer com o Chandler, não temos problema em enfrentá-lo”, disse o treinador em entrevista ao Sherdog.

Michael Chandler revelou à ESPN americana na noite da última segunda-feira que concordou em enfrentar um oponente não identificado no ranking – que ele se recusou a citar o nome – no card do UFC 258. Entretanto, diante da recusa de Do Bronx, ainda não se sabe qual será a estratégia adotada pelo UFC. Vale ressaltar que, mesmo aposentado do MMA, Khabib Nurmagomedov segue como atual campeão peso-leve da organização, enquanto Poirier e Justin Gaethje vêm na sequência do ranking, com Do Bronx em terceiro.

Recordista em número de finalizações dentro do Ultimate, Charles do Bronx vem embalado por oito vitórias consecutivas na organização, a última delas em dezembro, quando superou Tony Ferguson na decisão unânime dos jurados. Por outro lado, Michael Chandler, ex-campeão peso-leve do Bellator, fez sua estreia pelo UFC no último dia 23 de janeiro, no card do UFC 257, nocauteando Dan Hooker ainda no primeiro round.

Publicidade

Notícias relacionadas

2 COMENTÁRIOS

  1. E se o Dana n quiser dar a disputa do cinturão pro Charles? Ele vai colocar o Chandler direto pra cinta e o Charles vai ficar sem moral.

  2. Eu no lugar do Charles fazia jogo duro mesmo, Michael Chandler fez uma luta e já tá na cara do gol, como assim ? Dana White e os match makers do UFC estão transformando a categoria dos leves em uma verdadeira zona, Charles não pode fazer igual o Tony Ferguson que nadou nadou e morreu na praia.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade