Representante da USADA alerta McGregor e cita impasse que pode impactar volta do irlandês ao UFC

Segundo representante da USADA, Conor McGregor precisa voltar ao programa de testes do órgão para, então, ser liberado a lutar novamente

Representante da USADA alerta McGregor e cita impasse que pode impactar volta do irlandês ao UFC

McGregor voltando ao octógono do UFC. (Foto: Divulgação/UFC)

No último final de semana, Dana White, presidente do UFC, anunciou Conor McGregor e Michael Chandler como treinadores da 31ª edição do reality show “The Ultimate Fighter”. Era o que faltava para os fãs de MMA ficarem ainda mais entusiasmados visando o retorno do irlandês, que não luta pela organização desde julho de 2021.

No entanto, em entrevista ao site MMA Fighting, um representante da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos), tratou de “frear” a empolgação dos fãs do ex-campeão peso-pena e peso-leve do Ultimate. O funcionário do órgão deixou claro que McGregor precisa voltar a ser testado e passar por um período “limpo” de aproximadamente seis meses para que, então, seja liberado para voltar a lutar pelo UFC.

“Como confirmamos antes, até hoje, Conor McGregor não foi reinscrito no programa de testes da USADA, no qual ele deve estar limpo por no mínimo seis meses e ter ao menos dois testes negativos antes de qualquer tipo de competição. Por razões óbvias, os treinadores não estão no nosso programa e não existe exigência que estejam apenas para treinar. Se há, eventualmente, um plano para os treinadores lutarem entre si, então ele teria que entrar no programa de testes por, ao menos, seis meses, além de ter dois testes negativos antes de qualquer luta”, explicou o representante da USADA.

As gravações do reality show TUF 31 estão programadas para começar no dia 30 de maio e o confronto entre McGregor e Chandler deve acontecer no mês de setembro, ainda sem data definida. Como é tradição no programa, além dos atletas que buscam um contrato com o UFC, os treinadores também se enfrentam na finalíssima.

Conor McGregor, que chegou a ser campeão duplo do Ultimate, não luta desde julho de 2021, quando enfrentou Dustin Poirier e acabou sofrendo uma grave lesão na perna esquerda. Já Chandler lutou pela última vez no fim de 2022, onde também enfrentou “The Diamond”, e acabou sendo finalizado em uma das melhores lutas do ano.

Conor McGregor recebeu alerta de representante da USADA para possível luta contra Chandler (Foto: Divulgação/UFC)

Conor McGregor recebeu alerta de representante da USADA para possível luta contra Chandler (Foto: Divulgação/UFC)

Para conferir mais notícias sobre Conor McGregor, clique aqui