Vídeo: ex-lutador do Bellator nocauteia homem em bar e alega ‘legítima defesa’; entenda o caso

Publicidade

Não é raro acompanhar lutadores se envolvendo em confusões fora dos cages e tatames. O caso mais recente aconteceu com o atleta Joe Schilling, oriundo do Kickboxing e também com experiência no Boxe e MMA. O veterano, atualmente com 37 anos, foi protagonista de uma confusão em um bar e terminou nocauteando um homem. O momento acabou gravado por uma pessoa, presente no local, e teve bastante repercussão na internet. Vale ressaltar que, até agora, não há informações sobre a data do ocorrido, o local ou até mesmo se a polícia foi acionada para investigar o caso, assim como o estado do homem nocauteado.

Apesar dos questionamentos em torno da confusão, Joe fez questão de reforçar o motivo da agressão e alegou que agiu em legítima defesa, dando a entender que a situação colocava sua vida em risco: “Autodefesa aparentemente não é mais o que esse país prega. Não esquenta, eu tenho o vídeo. Amo vocês. Obrigado pela preocupação e pelo apoio durante a experiência de ameaça à minha vida. Um grande salve para ‘The Yard Muay Thai’ por me preparar para lidar com essa situação de risco de vida”, escreveu Joe Schilling, que no final da postagem em sua conta no Instagram, colocou uma hashtag que dizia “fo***-se os racistas”, dando a entender que, possivelmente, o homem agredido teria praticado atos racistas no bar.

Apesar de dizer que a confusão colocou sua vida sob risco, o trecho divulgado na internet mostra a imagem de um homem, com roupa social e gravata, bloqueando a passagem do lutador pelo corredor do bar. Joe, então, empurra ele pelas costas e abre passagem para seguir caminhando. No entanto, é possível perceber que o homem empurrado profere algumas palavras ao experiente atleta, que em questão de segundos, volta e aplica uma rápida sequência de socos no rosto do homem, que já cai no chão totalmente apagado.

Joe Schilling contabiliza um cartel de 23 vitórias e nove derrotas, enquanto no MMA, o retrospecto é de quatro triunfos e seis reveses. O americano fez sua última apresentação em outubro de 2019, pelo Bellator 229, quando foi derrotado por Tony Johnson por nocaute. Ele fez parte da organização entre os anos 2014 e 2019.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade