Woodley cita desejo de lutar por divisões diferentes e se vê ‘competitivo em todas’

Publicidade

Atual campeão dos meios-médios do UFC, Tyron Woodley se prepara para a sua quarta defesa de cinturão, do qual é detentor desde julho de 2016. No próximo sábado (8), o americano enfrentará o inglês Darren Till na luta principal do UFC 228, em Dallas (EUA).

Além da busca em se tornar o maior campeão que a divisão já viu, Woodley também comentou sobre a probabilidade de se tornar detentor do título em outras categorias. Em conversa com jornalistas em Media Day do UFC, Tyron falou sobre uma possível extinção da divisão até 77kg e a possível criação de pesos até 74kg e até 79kg, onde ele atuaria.

“Ouvi que eles (UFC) estão pensando nisso. Eu não sei o que faria. Poderia bater 74kg, não seria muito ‘sexy’, mas eu conseguiria. E bater 79kg seria bem mais fácil que bater 77kg. Eu bateria 79kg e poderia bater 84kg (peso-médio) também. São três categorias de peso diferentes em que eu poderia lutar e ser extremamente competitivo em todas”, disse o campeão, que completou afirmando sua preferência em atuar em categorias distintas.

“Eu adoraria lutar em uma categoria diferente. Eu ando perto de 90kg, perder apenas 6kg não seria nada mal para mim”, concluiu, Woodley, que primeiro precisa bater Darren Till.

CARD COMPLETO:

UFC 228
American Airlines Center, em Dallas (EUA)
Sábado, 8 de setembro de 2018

Card principal
Tyron Woodley x Darren Till
Nicco Montaño x Valentina Shevchenko
Zabit Magomedsharipov x Brandon Davis
Jéssica Bate-Estaca x Karolina Kowalkiewicz
Niko Price x Abdul Razak Al-Hassan

Card preliminar
Carla Esparza x Tatiana Suarez
Aljamain Sterling x Cody Stamann
Jimmie Rivera x John Dodson
Darren Stewart x Charles Byrd
Diego Sanchez x Craig White

Publicidade

Notícias relacionadas

6 COMENTÁRIOS

  1. Esse Woodley está segurando o cinturão faz tempo, só luta 1 vez por ano. Sempre com uma desculpinha diferente pra não lutar, adora escolher seus adversários. Já passou da hora de passar a cinta, vai ser nocauteado. Outro lutador nojento, cheio de frufru e exigências. Agora querendo fazer moral…

    • ANDERSON , LEIGO, NÃO VEJO ASSIM….. ESSE CARA WOODLEY É O CARA QUE ESTÁ TENTANDO ORGANIZAR ESSE EVENTO QUE ESTA UMA BAGUNÇA GERAL CHAMPS. CERTO ELE DE BATER O PÉ E DIZER QUE NÃO HAVERÁ LUTA NEM PRA GANHAR PARTE DA GRANA DE TILL !!!!!!!! SE É DISPUTA PELA CINTA, TEM QUE SER DISPUTA PELA CINTA. …. VAI ENGANAR OS FANS QUE COMPRARAM INGRESSO E PPV PARA VENDER PROPAGANDA ENGANOSA ?? TA CERTÍSSIMO O WOODLEY, ISSO É QUE É SER PROFISSIONAL!!!!! E TAMBÉM ESTÁ CERTO DE NÃO LUTAR COM LUTADOR RESERVA….. O PLANO DE LUTA DELE É PARA O TILL, O CAMP DELE INTEIRO FOI FEITO E ESTUDADO EM CIMA DO TILL, ESSE WOODLEY É CHATO SIM, MAS É COISA QUE O UFC ÃO É…….. PROFISSIONAL. SÓ LEIGO DISCORDA.

      • Cara, quanto essa luta contra o Till até concordo de não trocarem a luta de última hora e jogar ele no fogo, pq seria sacanagem mesmo. O outro reserva vai estar treinando pra substituir a luta e o Woodley treinando só para o Till.

        Me referia que o UFC é entretenimento, não existe profissionalismo nessa franquia, ou você ainda não percebeu isso?
        Nós como fãs queremos ver a roda girar e o cara lutar! Esse Woodley sabe que se piscar pode ser nocauteado e está segurando a cinta na má fé faz tempo, vai inventar qualquer pretexto pra segurar o cinturão mais tempo ainda. Baita cagalhão. Na real, esse é o pensamento dele, não o nosso. Não estou preocupado com os direitos dele como atleta até pq não ganho nada com isso. Queremos ver a grade fechar e o pau comer no octógono. Outros caras não fogem da raia e topam qualquer luta! Esses guerreiros sim merecem ser valorizados!

        Não dá pra enxergar o UFC como uma empresa organizada onde os lutadores têm direitos ou méritos pra escolher algo, o UFC é como se fosse um estádio de futebol e o Dana o dono do campinho, é ele quem escolhe as partidas, quem joga, quando, quem contra quem, essa é a regra do evento. Só os atletas mais fracos e em final de carreira migram pra outros eventos inferiores.

        Já percebeu que todo lutador reclama mas ninguém sai, só saem quando perdem uma disputa de cinturão ou sabem que será impossível recuperar de novo, pq os melhores atletas não reclamam e estão milionários lutando.

        Também acho tudo isso um absurdo mas infelizmente são as regras do jogo. O tio Dana não está nem aí e só quer faturar com pay per views.

        Esse Woodley só atrasa a fila e não vende muito, lutador chato e apático. Outros atletas também merecem a chance de disputar a cinta tanto quanto ele teve, a roda tem que girar.

        Antes dele ganhar o cinturão ele estava sempre 100%, lutava periodicamente, depois que ganhou o cinturão é uma lesão atrás da outra. Não dá pra ficar esse tempão todo na inatividade e se achar que tem direito a algo.

        Os únicos que possuem moral pra isso são o Jon Jones e o Mcgregor. Salvando o UFC do buraco.

        Fica a dica champs

        Só Leandro Bambi e JBoquetinho discordam!

        Ossss

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade