Fernanda Mazzelli quer mais um título no Mundial No-Gi e prevê disputa: ‘Vai ser pauleira’

Publicidade

Fernanda Mazzelli já anotou o seu nome no hall das maiores lutadoras da história do Jiu-Jitsu. Primeira mulher a conquistar títulos mundiais da IBJJF em três categorias diferentes, a lutadora capixaba agora foca em mais uma conquista, desta vez sem o quimono. Fernanda irá disputar em outubro, na cidade de Garland, no Texas (EUA), o Mundial No-Gi. Já em novembro, ela vai desembarcar em Las Vegas, Nevada, para ir em busca do seu primeiro título do Mundial Master.

“Estou bem ansiosa para essas duas competições. No Campeonato Mundial No-Gi vou disputar com uma menina da Gracie Barra que está em primeiro lugar no ranking mundial, ela é da na minha categoria, então vai ser pauleira. Será um grande desafio, mas estou pronta para buscar esses dois títulos até o último minuto”, declarou Fernanda ao falar sobre a sua expectativa.

Dona de três títulos mundiais na faixa-preta (2012, 2015 e 2016), Fernanda ainda é hexacampeã brasileira e uma vez do Mundial No-Gi. Neste ano, ela venceu o Sul Americano No-Gi e ficou em terceiro lugar nas disputas com quimono. Em julho, superou Sábatha Lais pelo Big Deal Pro. Ciente dos desafios que vai ter pela frente, Mazzeli quer seguir escrevendo seu nome na história.

“Como master será o primeiro Mundial que vou disputar, mas já quero fazer história, ganhar peso e absoluto. Terão muitas meninas boas, que já foram campeãs, então nada de vida fácil”, opinou.

Representante da Striker JJ, Fernanda Mazzelli é atualmente a quarta colocada no ranking mundial No-Gi da IBJJF – feminino adulto faixa-preta – na temporada 2020/21. Se preparando para embarcar para o México, onde terá que fazer uma quarentena em virtude da Covid-19 para ir até os Estados Unidos, a lutadora não vê a hora de voltar a competir internacionalmente.

“Estarei passando alguns dias no México com a Maria Eduarda, e depois vamos embarcar para o Texas. O foco é treinar bastante nessas semanas que faltam, não deixar o ritmo cair. Estamos muito animadas para ir conhecer um novo país, já temos inclusive uma academia para treinar, então sigo muito feliz e confiante”, finalizou a casca-grossa, que assim como sua pupila Maria Eduarda, está sendo apoiada pela SESPORT, através do programa COMPETE ES.

No México, a faixa-preta vai treinar com Itzel Bazúa Aguilar, grande nome do Jiu-Jitsu no país como faixa-roxa na academia Zenith México. Além da vida nos tatames como atleta, Fernanda ainda ajuda a comandar um projeto social na cidade de Guarapari. O ALAMG auxilia crianças e adolescentes carentes na cidade natal de Mazzeli através do ensino dos princípios da arte suave.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img