Aline Silva leva prata no Yasar Dogu e Wrestling brasileiro segue preparação para os Jogos Pan-Americanos

Publicidade

O Wrestling brasileiro encerrou no último domingo (14) a preparação europeia para os Jogos Pan-Americanos de Lima com mais um pódio. Aline Silva conquistou a medalha de prata na categoria até 76kg no Yasar Dogu 2019, em Istambul, na Turquia. No total, a delegação nacional ficou 12 dias na Europa entre a disputa do Grand Prix de Madri, na Espanha, o camp de treinamento internacional, também na capital espanhola, e o Torneio Internacional Yasar Dogu, na Turquia. Além das medalhas de Aline, prata no torneio turco e no Grand Prix de Madri, a equipe nacional subiu ao pódio com Giullia Penalber até 57kg e Lais Nunes até 62kg, ambas medalhistas de bronze no evento da capital espanhola.

“O intercâmbio em forma de torneios e treinos é fundamental para conhecermos nossos adversários, identificarmos os erros e testar novos movimentos. A equipe aproveitou bastante tanto os torneios quanto o camp de treinamento, e agora é voltar ao Brasil para a fase final de polimento e ajustes para os Jogos Pan-Americanos de Lima”, afirmou Roberto Leitão, Superintendente da Confederação Brasileira de Wrestling e chefe de equipe da delegação durante a viagem na Europa e nos Jogos Pan-Americanos 2019.

Sete dos nove atletas que vão representar o país em Lima estiveram na preparação. No estilo greco-romano, Joilson Júnior até 67kg e Angelo Moreira até 77kg. Já no Wrestling feminino, Kamila Barbosa até 50kg, Camila Fama até 53kg, Giullia Penalber até 57kg, Lais Nunes até 62kg e Aline Silva até 76kg. Depois de dois anos com lesões que a afastaram dos tapetes, Aline não escondeu a felicidade de voltar a competir em alto nível e de lutar de igual para igual com as principais adversárias. No Yasar Dogu, Aline só foi batida na final pela canadense campeã dos Jogos Olímpicos, Erica Wiebe, pelo placar de 2 a 1.

“É muito bom voltar e conquistar duas medalhas nos dois torneios em que lutei. Ainda não estou no lugar do pódio que quero, mas sei que tenho que ir um passo de cada vez. O primeiro objetivo está logo aí, que são os Jogos Pan-Americanos de Lima, onde vamos ter as principais atletas da categoria. Depois o Mundial no Cazaquistão que vale vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Neste momento, só quero agradecer a todos que torcem por mim”, frisou Aline, duas vezes medalhista dos Jogos Pan-Americanos, em 2011 e 2015.

Daniel Nascimento no Irã

Enquanto parte da equipe regressa ao Brasil, Daniel Nascimento, da categoria até 57kg, segue preparação no Irã. O amazonense permanece em Teerã, capital iraniana, até a próxima semana quando regressa ao país. Já Antoine Joaude, da categoria até 125kg, segue a rotina de treinos no Rio de Janeiro. Os nove atletas se reúnem no dia 4 de agosto, quando viajam para Lima e competem de 7 a 10 de agosto nos Jogos Pan-Americanos.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade