Atual campeão peso-pena do Future MMA, goiano Elismar Carrasco busca chance internacional: ‘Falta olharem pra mim’

Publicidade

Elismar Lima da Silva, ou simplesmente “Carrasco”, fez valer o seu apelido com mais uma grande vitória no último dia 16 de outubro. Escalado inicialmente para enfrentar Gabriel Braga na luta principal do Future MMA 12, o atleta goiano teve dois rivais substituídos até o evento e encarou Rafael Coxinha, que aceitou o desafio pelo título dos penas de última hora, mas não foi páreo para o Carrasco – vencedor por decisão dividida dos jurados.

Primeiro campeão peso-pena da história do Future MMA, Elismar não poderia estar mais feliz com o atual momento que vive na carreira e a recepção que teve em seu estado natal: “A recepção foi a melhor possível, amigos, família, todo muito com muito carinho, por onde chego me parabenizam e me elogiam, isso não tem preço. Tenho pessoas maravilhosas ao meu lado sempre. Só tenho a agradecer a Deus por isso”.

Representante da Junão Fighters, o atleta que protagonizou uma das maiores viradas do cenário nacional ainda na quinta edição do evento, em outubro de 2019, retornou para coroar sua boa fase com o cinturão. Questionado sobre a importância do título, Elismar revelou ter dado mais um grande passo na carreira.

“É um evento grande, respeitado, e com esse título acabo ficando mais conhecido. Fico honrado por ser o novo campeão peso-pena do Future MMA, porém, mantendo a humildade sempre”, destacou o lutador, dono de um cartel com 23 resultados positivos (sendo 12 deles por nocaute) e sete derrotas.

Atualmente vindo embalado por cinco vitórias consecutivas em diferentes franquias, o goiano de 32 anos ainda busca voos maiores na carreira, e pediu por uma oportunidade em um grande evento de MMA internacional. Segundo Carrasco, falta um pouco mais de atenção ao trabalho realizado por ele no Brasil.

“Acredito que falta eles me olharem (risos), estou pronto, preciso apenas de uma oportunidade para mostrar o meu trabalho. Vou mostrar que esse comedor de pequi aqui pode fazer história no mundo. Só preciso que me olhem, olhem a minha história, para as minhas lutas, que vejam que estou preparado para enfrentar qualquer lutador da minha categoria. Eu nasci para isso, nasci para bater, para lutar”, declarou Elismar.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade