Bibiano Fernandes cita evolução como ‘diferencial’ em trilogia pelo cinturão no ONE Championship

Publicidade

Estrela do Jiu-Jitsu, onde conquistou três títulos mundiais na faixa-preta pela International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), o manauara Bibiano “The Flash” Fernandes está feliz com sua carreira no MMA.

Pelo ONE Championship, maior evento de MMA da Ásia, o faixa-preta de Jiu-Jitsu dominou a categoria dos peso galos de 2012 até novembro de 2018, onde perdeu o cinturão de forma polêmica para Kevin Belingon, na decisão dividida, depois de cinco rounds.

Bibiano conhece Kevin há tempos, desde a primeira luta entre ambos, em 2016, quando Bibiano o finalizou com uma justa Kimura, no primeiro round, aos 4min04s de luta.

Agora, aos 38 anos e com uma carreira vitoriosa e repleta de títulos, especialmente as medalhas de ouro do Mundial e os cinturões do Dream e do ONE Championship, Bibiano volta a ser desafiante e com mais vontade ainda de reconquistar seu trono, no dia 31 de março, em Tóquio, no Japão. O adversário, novamente, será Kevin.

“Estou bem preparado, bem focado para essa próxima luta. Estou muito feliz de lutar com o Kevin mais uma vez. Vamos para a terceira luta, eu ganhei a primeira e ele a segunda. A segunda foi duvidosa, mas estou feliz por poder lutar com ele novamente. Estou confiante nessa luta, entendeu? Vou mostrar como conseguir evoluir no MMA”, contou o “The Flash”.

Dono de 24 vitórias, sendo oito delas por finalização, e apenas duas derrotas no cartel, Bibiano ainda não tem data para pendurar as luvas. A seguir, ele diz que ainda tem motivação e felicidade de sobra para continuar trabalhando.

“Enquanto Deus me der saúde e força, vou continuar fazendo o que amo. Enquanto eu tiver inteligência e saúde vou continuar. Ainda tenho vontade de lutar”, frisou o lutador.

Faixa-preta desde 2002, Bibiano aproveitou para fazer uma analogia entre o Jiu-Jitsu esportivo e o Jiu-Jitsu do MMA.

“Fui campeão mundial de Jiu-Jitsu várias vezes e o Jiu-Jitsu salva, né. É um esporte maravilhoso e ajuda muito nas lutas. Mas o Jiu-Jitsu esportivo e Jiu-Jitsu para o MMA são dois Jiu-Jitsu completamente diferentes. Eu entendo o Jiu-Jitsu esportivo e tive que adaptar ele para o Jiu-Jitsu de MMA, que é o Jiu-Jitsu do Hélio e Rickson Gracie. Tem esse Jiu-Jitsu esportivo, que tem a contagem de ponto, vantagem, que temos que aprender ali também. Eu fui campeão no Jiu-Jitsu esportivo e também sou vitorioso com o Jiu-Jitsu no MMA, que tem mais finalização sem quimono, como a kimura e o armlock”, encerrou.

Publicidade

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

  1. bibiano pela primeiro vez pegou um cara do top dele o kevin tem chutes certeiros muito precisos e potentes mais perde no chao para o bibiano o kevin demonstrou um anti grappling irado contra o bibi na segunda luta acho que os dois ja se manjaram entre eles um conhece o jogo do outro muito bem o bibi pra ficar em pe tem que demonstrar muita evolucao na trocacao naum tem jeito a lakay team so tem campeos e sao varios caras tops estudando o teu jogo o kevin e um tigre e o bibiano um leao a jeripoca vai cantchia neguin o bagui vai ser doido demais a unica chance do bibi e levar o nego pro chao no deus dara kkkkkkkkkkkkkk

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade