Conhecido por ser um dos pioneiros do UFC, americano Paul Varelans, o ‘Urso Polar’, morre aos 51 anos em decorrência do novo coronavírus

Publicidade

O mundo da luta recebeu com tristeza, no último sábado (16), a notícia da morte de Paul Varelans, o “Urso Polar”. Conhecido por ser um dos pioneiros do UFC, o americano faleceu aos 51 anos vítima da Covid-19, luta que vinha travando desde dezembro do ano passado. Nos últimos dias, o ex-lutador estava em coma induzido em um hospital de Atlanta, nos Estados Unidos, mas não resistiu às complicações do vírus e faleceu.

Varelans anunciou em sua própria rede social, em 12 de dezembro, que havia sido diagnosticado com o novo coronavírus: “A melhor maneira de comparar a sensação da Covid-19 em minha experiência é como se estivesse lutando contra um cara que se especializou em socos nos rins, e ele nunca para de bater”, disse ele na ocasião. Poucos dias após a confirmação do diagnóstico, o americano foi colocado em coma induzido e ventilação mecânica. A confirmação da morte de Paul também veio através de sua página.

Nascido em 1969, Paul Varelans construiu um cartel de nove vitórias e nove derrotas no MMA. No UFC, o “Urso Polar”, como era conhecido, lutou as edições 6, 7 e 8, que foram disputadas entre os anos de 1995 e 1996, e ficou conhecido por fazer a final do UFC 7 contra Marco Ruas, sendo derrotado pelo brasileiro por nocaute após pouco mais de 13 minutos. Ao longo de sua trajetória, ele também encarou Dan Severn e Carlão Barreto.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img