Em audiência pública no Senado, personalidades da arte suave debatem inclusão do Jiu-Jitsu nas escolas

Publicidade

Na última terça-feira (5), em Brasília, aconteceu uma audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado para debater sobre o Jiu-Jitsu nas escolas de todo o país. A proposta foi apresentada pelo senador Chico Rodrigues (DEM-RR) e contou com a presença de nomes importantes da história da arte suave.

Os Grandes Mestres João Alberto Barreto e Álvaro Barreto, assim como o Mestre Sylvio Behring e a faixa-preta Kyra Gracie participaram da audiência pública. Cada um teve o direito explicar a importância da modalidade como ferramenta de auxílio nas escolas.

“Nossa arte marcial leva com muito orgulho o nome do Brasil para o mundo e nada melhor do que influenciar de maneira positiva os jovens do nosso país através do ensino educacional do Jiu-Jitsu. Acredito que seja de suma importância esta inclusão para formarmos campeões dentro e fora do tatame”, disse Kyra através do Instagram.

O projeto do senador Chico Rodrigues visa inserir a arte suave nas escolas, como disciplina opcional. No site do Senado, está sendo realizado uma pesquisa sobre o tema. Se a pessoa é ou não a favor do Jiu-Jitsu nas escolas. Até o momento, 3.213 votaram “sim”, enquanto 644 colocaram “não”.


Artes marciais no Rio

No último dia 21, Marcelo Crivella, prefeito do Rio, oficializou o projeto para inserir artes marciais nas escolas municipais. O programa teve início no dia 26 de outubro e será realizado aos sábados, de forma opcional.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img