Fernando Tererê, Anderson Silva e mais nomes: brasileiros saem em defesa de André Galvão após ‘confusão’ com americano Gordon Ryan

Publicidade

O último fim de semana foi agitado nas redes sociais por conta da confusão nos bastidores do Who’s Number One – realizado na sexta-feira (26) – envolvendo Gordon Ryan e André Galvão. O americano acertou dois tapas no rosto do brasileiro e subiu o tom das provocações entre eles, que são desafetos declarados.

Anderson Silva, ex-campeão do UFC e um dos maiores nomes da história do MMA, é amigo pessoal de Galvão e saiu em defesa do compatriota. “Spider” usou o stories do Instagram para se manifestar: “A perfeição é uma montanha impossível de escalar, que deve ser escalada um pouco a cada dia. Código Samurai. Julgar alguém é fácil, mas saber se nosso julgamento está a altura é difícil. Se julgamos, temos que entender que nem sempre nosso julgamento vai estar em uma posição adequada de ser interpretada e recebida. Te amo irmão, conte comigo para qualquer parada aqui, de verdade”, publicou Anderson.

Fernando Tererê, consagrado nome do Jiu-Jitsu mundial e responsável pela formação de Galvão nos tatames, mandou uma mensagem de apoio ao pupilo. Gustavo Batista, campeão mundial e membro da Atos, equipe liderada por André, também defendeu o treinador e voltou a desafiar Gordon. Já o multicampeão Felipe Preguiça, que venceu Ryan duas vezes, aproveitou o caso para cutucar o americano.

A rivalidade entre os dois começou a aflorar após Gordon conquistar o absoluto do ADCC em 2019 e ganhar o direito de enfrentar o campeão da superluta do evento, que foi justamente Galvão. O líder da Atos Jiu-Jitsu afirmou que está aposentado, mas disse que se pagarem o que ele pede, aceitaria voltar e enfrentar o rival.

Confira abaixo:

 

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade