João Miyao, Julia Boscher e Do Val brilham no Brasileiro No-Gi; destaques do F2W 126 e da IBJJF

Publicidade

Neste fim de semana aconteceu na Arena da Juventude, em Deodoro (RJ), o Brasileiro sem quimono da CBJJ. Na faixa-preta adulto, Rafael Paganini foi campeão no absoluto entre os homens e Julia Boscher levou o ouro duplo entre as mulheres. Outros nomes importantes do Jiu-Jitsu marcaram presença no torneio.

A estrela João Miyao fechou a divisão dos plumas com o companheiro de equipe Pedro Crixel. Nos penas, Alex Sodré ficou com o título, enquanto Ygor Rodrigues levou a medalha dourada nos leves. Pedro Henrique Rocha foi o campeão nos meio-pesados e Hugo Cunha nos pesados. Outros destaques na faixa-preta foram Cícero Paiva (galo), Marco Queiroz (médio) e Rômulo Azevedo (pesado).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Conversamos com a Casca-grossa @jessicammapro, que , que lutou no Campeonato Brasileiro Sem Kimono de Jiu-jitsu 2019 da @cbjjoficial, e falou da experiência. . Curta a cobertura nas redes da Tatame. Oss?‍♂️ ([email protected]_tatame) . Está cobertura é um oferecimento de PATCHS ARTE SUAVE. . ?️ Acessem o Instagram 》》 @patchsartesuave 《《 e vejam o desconto para os fãs da Tatame . . ?Este é um novo perfil da Revista TATAME, nos siga e marque os seus amigos (as). A outra conta foi desativada pelo Instagram! . ? www.tatame.com.br .⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #tatame #luta #fight #jiujitsu #bjj #brazilianjiujitsu #artesuave #jiujitsustyle #oss #jiujitsumylife #blackbelt #tatame25 #cbjj #ibjjf

Uma publicação compartilhada por Revista TATAME (@revistatatame) em

Já entre as mulheres, Gabriela Fechter faturou a divisão dos leves e Cláudia do Val conquistou a medalha dourada nos super-pesados. Na faixa-marrom, Jéssica Bate-Estaca, ex-campeã do UFC, foi bronze na divisão dos médios e fechou o absoluto com a parceira de treino Karol Rosa, que também faz parte do plantel do Ultimate. Já entre os homens, João Felipe Cizeski ficou com o ouro duplo.

IBJJF na América do Norte e Europa

Além do Brasil, a IBJJF também realizou eventos nos Estados Unidos, Canadá e Rússia. Começando pelo Atlanta Open, o ouro duplo na faixa-preta ficou com Lucas Rocha no masculino e Kendall Marie no feminino. Outros destaques ficaram por conta de Diego Ramalho (super-pesado), que ainda faturou a divisão e o absoluto nas disputas No-Gi, e Thiago Macedo (pesadíssimo). Sem quimono, a categoria e o peso-aberto foram para Jessica Guedry nas disputas femininas.

Já no Toronto Open, o destaque na faixa-preta foi para Nathan dos Santos que levou peso e absoluto, assim como Alison Tremblay entre as mulheres. O casca-grossa Leonardo Saggioro faturou a divisão dos leves.


No Moscou Open, Igor Silva foi ouro duplo. Após não ter adversários na divisão dos super-pesados, o lutador finalizou Daniel Vitor na disputa pelo absoluto. Jonna Karoliina foi ouro duplo na faixa-preta feminina, mas não teve adversárias em nenhuma das duas categorias.

Fight To Win 126 agita San Diego (EUA)

Em San Diego (EUA), foi realizado o F2W 126. Na luta principal, Gustavo Batista derrotou Felipe Bezerra na decisão dos árbitros, assim como Guthierry Barbosa que levou a melhor sobre o multicampeão Márcio André. Ainda no card, Ronaldo Júnior venceu Matheus Luna. A experiente Luiza Monteiro superou Janaina Maia, enquanto Gabrielle Mc Comb que saiu com o resultado positivo diante de Tubby Alequin.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img