Marcelo Dourado relembra trajetória no Jiu-Jitsu e celebra chance de ministrar seminário em Belém do Pará; saiba

Publicidade

* Faixa-preta de Jiu-Jitsu, Judô e Luta Livre, além de ser formado em Educação Física, Marcelo Dourado tem os atributos necessários para compartilhar seus conhecimentos com os amantes das artes marciais. Prova disso é que o casca-grossa vai ministrar o Seminário Internacional de MMA, nos dias 5 e 6 de outubro (sábado e domingo), na Academia Machida Fight Fit, em Belém, no Pará.

No evento, indicado para iniciantes, praticantes e profissionais do Jiu-Jitsu, Dourado fará um curso pautado pelas experiências obtidas através de sua prática com o Jiu-Jitsu e MMA e será o principal palestrante.

As atividades começarão na sexta-feira (4), com o curso operacional de Defesa Pessoal ministrado para a ROTAM (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana), voltado exclusivamente para praças, suboficiais e oficiais da ROTAM. A continuação ocorre no sábado e domingo, em curso que será voltado ao público em geral que pratica Jiu-Jitsu, a partir dos 12 anos de idade até a categoria dos veteranos, com aulas práticas.

“Eu comecei o Jiu-Jitsu em 2004, quando vim para o Rio de Janeiro. Um dos meus objetivos era entrar para uma equipe de Vale-Tudo, na época, e eu entrei para a equipe Gracie Humaitá, onde comecei a fazer Jiu-Jitsu e Vale-Tudo na Tijuca. Foi um período legal, comecei a competir naquela época mesmo, lutando Mundial, entre outras coisas. Não me dediquei muito ao Jiu-Jitsu na época, estava mais focado no Vale-Tudo ainda, mas sempre treinei muito forte. Em pouco tempo, ganhei minha faixa azul e depois a roxa do Royler. Em dois anos, eu já era faixa-roxa, por mérito mesmo. Eu sempre tive uma base muito forte no Judô, quando treinava no Sul, onde pude evoluir muito tecnicamente. Depois disso, comecei a dar aulas no Recreio e comecei a competir ainda pela Gama Filho, que depois se tornou GFTeam, competindo na faixa roxa e na marrom, onde conquistei alguns títulos até chegar à faixa preta atualmente”, disse, completando.

“Abri uma academia no Rio, que depois veio a fechar, fiz muitas coisas, mas o treinamento sempre continuou, sempre dei aulas. Quando minha academia fechou, em 2015, eu resolvi colocar todas as minhas fichas no Jiu-Jitsu e voltar a competir, lutar novamente com afinco, competir uma vez por mês, e desde então conquistei alguns títulos: Brasileiro, Sul-Americano, Internacional de Masters, Brasileiro No-Gi, todos pela IBJJF/CBJJ. No Mundial Master, faturei duas pratas e um bronze, está faltando o ouro, mas estou no pódio sempre (risos). Minha rotina de treinamentos, em fase de competição, é de duas vezes por dia e minha relação com a GFTeam é maravilhosa, sempre me acolheram muito bem. Competir, para mim, está sendo um carro-chefe. Ainda pretendo viver quase que exclusivamente do Jiu-Jitsu, competindo e dando aulas/seminários, algo que sou apaixonado. O Jiu-Jitsu é uma grande paixão para mim”, contou Dourado, que por fim, aproveitou para celebrar o seminário em Belém, promovido por Iron Man Tomaz.

“Belém é um dos berços da luta e dar um seminário lá é sempre uma grande responsabilidade. Eu já dei dois seminários em Belém e é um público, realmente, muito exigente, o que é muito bom. É uma galera que treina há muito tempo, que compete, que entende de Jiu-Jitsu, então nós temos sempre que preparar um seminário de altíssimo nível para apresentar. É uma grande honra compartilhar esses conhecimentos e é um objetivo meu viajar pelo Brasil e pelo mundo para mostrar meu trabalho, tudo o que aprendi no Judô, no Jiu-Jitsu e Defesa Pessoal. Desde 2004 lutando, eu nunca sofri uma queda e nunca tomei dois pontos. É uma grande marca que eu tenho, um trabalho muito forte de Judô que fiz e que agora quero passar”, concluiu.

O seminário conta com o apoio do Governo do Estado do Pará, Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (SEEL), Confederação Nacional de MMA (CNMMA), Federação Paraense de MMA (FPMMA), Iron Man Tomaz, Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM), Restaurante Soprano, Academia Machida Fight Fit e Light Brazil Tatoo.

SERVIÇO:

Seminário Internacional de MMA

Data: 5 e 6 de outubro
Local: Academia Machida Fight Fit (Shopping Metrópole Ananindeua, Rodovia BR 316, Km 4, nº 4.500 – entrada pela Doca 2)
Informações: (91) 99994-0711

* Por Mateus Machado

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade