Miesha Tate deixa retorno ao MMA em aberto, mas frisa: ‘Não estou sentindo falta de nada’; saiba mais

Publicidade

Nesta semana, alguns lutadores, como Rashad Evans, Felipe Sertanejo e Johny Hendricks se aposentaram do MMA. Já Miesha Tate, que se retirou do esporte em 2016, contou em entrevista ao MMA on SiriusXM que não sente falta do esporte. Contudo, a ex-campeã do UFC, que foi mãe recentemente, disse que não descarta 100% um retorno.

“Nunca houve uma época em que eu, realmente, ache que uma porta esteja 100% fechada. Teve uma época que me perguntavam se eu queria filhos. Eu dizia que não queria. Agora são tempos diferentes da minha vida, que evocam emoções diferentes e se a paixão voltar (pelo MMA) e as estrelas se alinharem, com certeza há uma chance (de voltar a competir), mas quando penso nisso agora, não acho que estou sentindo falta de nada. Ela (filha) é minha prioridade e meu objetivo número um, com certeza”, comentou Tate.

Aos 31 anos, “CupCake” tem uma vasta história no MMA, ao conquistar os títulos do extinto Strikeforce e do UFC. Em nove anos de carreira profissional, registrou 18 vitórias e sete derrotas. A sua última luta aconteceu no UFC 205, em Nova York (EUA), quando foi derrotada por Raquel Pennington, por decisão unânime dos árbitros, em grande embate.

Publicidade

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img