‘Campeão duplo’, Cejudo pede melhorias em contrato: ‘Sou o cara do UFC agora’

Publicidade

Vencedor na luta principal do UFC 238, realizado no último sábado (8), em Chicago (EUA), ao nocautear Marlon Moraes no terceiro round, Henry Cejudo conquistou o cinturão peso-galo – ele já tinha o título dos moscas em sua posse – e entrou para o seleto grupo de “campeões duplos” na história do Ultimate, que conta com nomes como Amanda Nunes, Conor McGregor, Daniel Cormier, Georges St-Pierre, entre outros.

Com dois cinturões em sua posse a partir de agora, o americano quer seguir fazendo história dentro da organização, mas ao mesmo tempo, quer ter o devido reconhecimento. Em entrevista coletiva logo após sua vitória, Cejudo deixou bem claro que pretende melhorar seu contrato com o UFC depois de seus impactantes triunfos dentro do cage, diante de Demetrious Johnson, TJ Dillashaw e Marlon Moraes, respectivamente.

“Tenho que encontrar com Dana White. Preciso de um encontro com ele, porque eu preciso de pagamento ‘peso-pesado’. Acho que sou o cara do UFC agora, e quero ser pago como tal. Dana White tem sido ótimo para mim. Ele tem sido muito bom, não tenho nada a reclamar. Mas eu quero dinheiro peso-pesado. Quero mudar este esporte”, disse Henry.

Com cinco vitórias consecutivas em seu cartel, Henry Cejudo também falou sobre o que projeta para o seu futuro dentro do Ultimate e fez elogios a Marlon Moraes, destacando os fortes golpes aplicados pelo brasileiro, principalmente no primeiro round de luta.

Assista:

Publicidade

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade