De olho em possível final brasileira na PFL, Cara de Sapato e Mutante lutam nesta sexta-feira

Publicidade

Após o encerramento da sua temporada regular em 2021, a PFL MMA realiza nesta sexta-feira (27), em Fort Lauderdale, na Flórida (EUA), a terceira e última rodada das semifinais. Os playoffs da vez serão nos pesos pena e meio-pesado masculino. Representando o Brasil na corrida pelo cobiçado prêmio de US$ 1 milhão, Antônio Cara de Sapato e Cezar Mutante entram em ação na categoria até 93kg contra Emiliano Sordi e Marthin Hamlet, respectivamente. Já no peso-pena, nenhum brasileiro se classificou para as semis.

Dois ex-lutadores do UFC, Cara de Sapato e Mutante podem fazer uma final verde e amarela caso derrotem seus adversários. Faixa-preta de Jiu-Jitsu e especialista na luta agarrada, Antônio vem de uma vitória – por finalização – e um “No Contest” (sem resultado) na organização. Aos 31 anos, ele terá pela frente o argentino Emiliano Sordi, campeão do último torneio (2019) e que não perde há sete lutas: seis triunfos e um empate.

Do outro lado, Cezar Mutante estreou na PFL com um nocaute avassalador sobre Nick Roehrick em apenas 37 segundos, mas na sequência acabou perdendo para Chris Camozzi na decisão unânime dos jurados. Apesar disso, o paulista de 36 anos se classificou e vai ter Marthin Hamlet pela frente em busca de uma vaga na finalíssima. Assim como Mutante, o norueguês também vem de uma vitória e um revés na atual temporada.

 

Na divisão dos penas, as semifinais serão entre Brendan Loughnane e Movlid Khaybulaev, na luta principal, além de Chris Wade x Bubba Jenkins, e prometem fortes emoções para os fãs. Embalado por sete vitórias seguidas, o inglês Loughnane ainda não sabe o que é perder na companhia, tendo vencido seus quatro compromisso até agora. Já o russo Khaybulaev está invicto no MMA, somando 17 triunfos e um empate.

Ainda representando o Brasil, mas no card preliminar da edição, onde os duelos não valerão pelas semifinais, Sheymon Moraes irá enfrentar Lazar Sojadinovic. O lutador natural de Niterói, no Rio de Janeiro, terminou a fase classificatória em quinto lugar, com uma derrota por nocaute e um triunfo por finalização via kimura.

 

Sempre lembrando que o formato da Professional Fighters League é inspirado nas grandes ligas americanas, nas quais o campeonato é dividido em temporada regular e playoffs. Na PFL MMA, a temporada regular consiste em duas lutas para cada atleta, e cada uma vale pontos na classificação. Uma vitória conta três pontos e o empate vale um ponto. “No Contest” (luta sem resultado) também vale um ponto. Triunfos por nocaute e finalização recebem bônus de acordo com o round em que acontecerem: no primeiro assalto, são três pontos de bônus; no segundo, dois pontos; e no terceiro, um ponto. Ao fim da primeira parte, os quatro melhores classificados de cada categoria passam aos playoffs e se enfrentam por uma vaga na grande decisão, valendo US$ 1 milhão para o campeão de cada classe de peso (cinco masculinas e uma feminina).

CARD COMPLETO:

PFL 2021 #9
Fort Lauderdale, na Flórida (EUA)
Sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Card principal (23h, horário de Brasília)
Peso-pena: Brendan Loughnane x Movlid Khaybulaev (semifinal)
Peso-pena: Chris Wade x Bubba Jenkins (semifinal)
Peso-meio-pesado: Antônio Cara de Sapato x Emiliano Sordi (semifinal)
Peso-meio-pesado: Cezar Mutante x Marthin Hamlet (semifinal)

Card preliminar (19h30, horário de Brasília)
Peso-pena: Sheymon Moraes x Lazar Sojadinovic
Peso-meio-pesado: Chris Camozzi x Cory Hendricks
Peso-pena: Anthony Dizy x Jesse Stirn
Peso-pena: Jason Knight x Bobby Moffett
Peso-pena: Alejandro Flores x Carl Deaton
Peso-leve: Brandon Jenkins x Jacob Kilburn

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade