UFC comunica atletas sobre exigência de vacinação para estrangeiros nos EUA, e Dana mira ‘Ilha da Luta’

Publicidade

Em meio aos debates sobre a obrigatoriedade de vacinação contra o novo coronavírus por parte de times e instituições esportivas pelo mundo, o UFC sempre adotou o discurso de que não iria interferir. A organização liderada por Dana White deixou os lutadores livres para escolherem. No entanto, uma exigência do governo dos Estados Unidos mudou a orientação da companhia.

Em comunicado enviado para todas as equipes e lutadores de fora dos Estados Unidos, o UFC informou que os atletas que entrarem nos Estados Unidos a partir do dia 8 de novembro, precisarão estar vacinados e com teste de Covid-19. O cartão de vacinação será exigido a qualquer estrangeiro que tente entrar no país por vias aérea, marítima ou terrestre.

“Recentemente, o governo dos Estados Unidos anunciou que, a partir de 8 de novembro, os viajantes estrangeiros com destino aos Estados Unidos deverão ser totalmente vacinados e fornecer prova de seu status de vacinação para voar para os Estados Unidos. Os viajantes totalmente vacinados também deverão apresentar um teste Covid-19 negativo antes da partida, feito três dias antes da viagem. Esta política também se aplica a estrangeiros que cruzam a fronteira terrestre com o Canadá e o México ou que chegam aos Estados Unidos em uma balsa de passageiros. Para ser claro, esta não é uma política do UFC. O UFC não exige que você se vacine. Estamos simplesmente comunicando as novas diretrizes recentemente anunciadas pelo governo dos Estados Unidos”, disse parte do comunicado, reforçando que é uma exigência do governo.

“Ilha da Luta” volta a ser opção

Com essa decisão do governo norte-americano que passará a valer a partir do próximo mês, Dana White revelou em entrevista após o episódio do Contender Series, na noite de terça-feira (19), que a “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi (EAU), deverá receber outros card da franquia, como aconteceu nesta pandemia. No próximo dia 30, os Emirados Árabes Unidos recebem o UFC 267.

“Acho que a “Ilha da Luta” vai acontecer de novo. Sim, estamos procurando fazer mais eventos lá. Vou para Abu Dhabi na próxima quarta-feira, então tenho muitas reuniões lá. Estou morrendo de vontade de mostrar a vocês o que está acontecendo em Abu Dhabi de qualquer forma, então nesta viagem vou resolver tudo, vou finalizar tudo”, apontou Dana, sobre os próximos passos. 

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img