Campeão absoluto no Mundial, Preguiça fala sobre aposentadoria e revela próximos planos: ‘ADCC e migrar para o MMA’

Publicidade

Campeão Brasileiro, Europeu, Mundial (em sua categoria) e do Abu Dhabi World Pro. Faltava o título absoluto do Mundial da IBJJF. Agora já não falta mais. No último domingo (12), Felipe Preguiça concluiu o grande objetivo que faltava atingir no Jiu-Jitsu de quimono e, no Mundial de Jiu-Jitsu 2021 da IBJJF, foi o grande campeão na disputa do absoluto masculino faixa-preta.

De início, o atleta da Gracie Barra enfrentaria Nicholas Meregali na final do peso aberto, no entanto, faltando poucas horas para a luta acontecer, Felipe Preguiça viu seu adversário ser desclassificado da grande decisão após mandar o dedo do meio para a torcida presente no ginásio na Califórnia (EUA). Em entrevista à TATAME, Preguiça revelou que ainda tentou manter a luta diante de Meregali, mas recebeu uma resposta negativa por parte dos organizadores da IBJJF.

“Eu não vou entrar no mérito de ser certa ou errada a desclassificação, acho que todo mundo já sabe o que aconteceu. Era uma luta que eu queria muito que acontecesse. Quando fiquei sabendo da notícia, corri na área do tatame, pedi para os organizadores para deixarem ele lutar, para a final do absoluto acontecer, mas eles falaram que não tinha como e que a decisão já estava tomada. Fiquei muito triste, porque eu estava bem concentrado e não queria ser campeão absoluto sem lutar a final. Mas eu fiz minha parte, treinei muito para estar ali, ganhei minhas lutas para estar naquela final, e infelizmente é algo que foge do meu controle. Eu estava muito confiante para a luta, eu queria ganhar mais do que qualquer um esse título absoluto. Queria muito que essa luta tivesse acontecido, mas Deus sabe o que faz”, disse o lutador.

O Mundial da IBJJF deste ano marcou a volta da competição desde o surgimento da pandemia da Covid-19, que provocou o cancelamento da edição de 2020. Apesar de ter considerado que o torneio deste ano contou com uma boa organização, Felipe Preguiça não deixou de apontar pontos que devem ser aprimorados na sua opinião, principalmente em relação às regras e à arbitragem.

“Foi um bom início de retorno do Mundial desde a vinda da pandemia, mas sinceramente, acho que tem que mudar muitas coisas no Mundial para o Jiu-Jitsu crescer mais. Não concordo com a maneira que o Jiu-Jitsu de quimono está indo. Muitas regras… 50/50, lapelas, umas regras confusas que geram várias interpretações sobre pontuar quando o atleta vai para fora da área de luta, entre várias outras. Na minha luta mesmo, na semifinal, não deram os 2 pontos e, na minha forma de ver, isso foi errado. Vi vários erros de arbitragem… Isso dá brecha para os atletas amarrarem, o que deixa as lutas chatas para o público. As regras deveriam mostrar o contrário, ser claras ao máximo, regras para estimular o combate, o que não tem acontecido”.

Com a conquista da medalha de ouro no absoluto do Mundial da IBJJF, Felipe Preguiça sinalizou, ainda no tatame, a sua aposentadoria das competições de quimono na arte suave. Ao falar sobre a decisão tomada, o multicampeão na faixa-preta destacou que a decisão já estava tomada em caso de título – o que se confirmou – e que seu foco agora será o ADCC, que vai acontecer em setembro do ano que vem, e na migração para o MMA.

“Já era, sim, o que eu estava pensando (sobre a aposentadoria das competições de Jiu-Jitsu de quimono). Acho que tem várias coisas que o Jiu-Jitsu de quimono está num caminho que eu não concordo. Inclusive, a premiação da confederação eu considero uma vergonha. Você é campeão mundial, faixa-preta, chega no nível máximo e a premiação é de 5 mil dólares, e eu considero que a confederação (IBJJF) é a que mais tem condições de pagar uma premiação diferenciada para os atletas. Entre várias outras coisas… O ADCC 2022 está chegando por aí, também tenho interesse em migrar para o MMA, então agora vou focar no meu jogo sem quimono. Já conquistei todos os títulos possíveis no Jiu-Jitsu de quimono, o absoluto do Mundial da IBJJF era o que faltava, então concluí meu objetivo e fechei com chave de ouro”, concluiu.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade